A 1ª Semana do PESC foi um “evento grande” e um “grande evento”! Impossível seria contá-lo numa única edição, pois não caberiam tantas emoções, tantos detalhes, tantas idéias e tanta gente que por aqui passou..
 
Resumindo, é possível dizer que, ao longo de 4 dias e através de um fluxo participativo, a 1ª Semana do PESC (evento que foi organizado no âmbito do projeto Amigos do PESC), aconteceu em Serra Grande, no Box Estrutura de Arte e Gastronomia, e reuniu pessoas de vários segmentos (moradores locais, proprietários rurais do entorno do PESC, visitantes, instituições da região, empresários, representantes do Governo do Estado da Bahia e do Conselho Gestor do Parque) para compreender o “PESC que somos” (da sua criação à realidade atual), passar pelo exercício do “PESC que sonhamos”, e construir um pacto coletivo para alcançar o “PESC que seremos”..
 
Resumindo é isso. Mas, a 1ª Semana do PESC foi muito mais que isso! Então, só nos coube contar essa história dia após dia..
 
Pra começar, no 1º dia tivemos a presença de admiráveis provocadores: Roberto Mourão do Instituto EcoBrasil, Beto Mesquita da Conservação Internacional, Marcelo Barreto do INEMA/Gestor do Parque, e Rosilene Vieira da SEMA do Espírito Santo. Todo o processo foi facilitado pela galera da Co-CriarThomas e Narjara, juntamente com Marina da ONG Circulah. Pra completar, o projeto disponibilizou ônibus que transportaram estudantes e moradores da região, além dos participantes do evento, para conhecerem o Parque do Conduru! E lá no Parque, a contribuição da galera do grupo das Jornadas de Aprendizagem Holística conectou o coração de todos ao PESC!.
 
Agora, pra contar mesmo como foi e o que aconteceu na 1ª Semana do PESC, escolhemos “mostrar” pra vocês! Dá só uma espiada...
.
29_10_2_jovens.jpg
Na véspera do evento, Thomas e Narjara (Co-Criar) alinhando detalhes com estudantes e jovens da comunidade, que apoiaram na colheita das informações e acontecimentos da Semana do PESC.
.
29_10_1
Abertura oficial do evento com crianças e jovens da Filarmônica de Itacaré se apresentando na Vila de Serra Grande.
.
 
29_10_4_guarda_parques
Olha os guardas-parques do PESC registrando presença e participando em todos os dias do evento.
.
20_10_5_Gente_
Gente de toda parte na abertura da 1ª Semana do PESC.
.
29_10_6
As boas vindas do Gestor do Parque Estadual da Serra do ConduruMarcelo Barreto.
.
29_10_7
Então, pra começar uma vivência de integração com toda a gente.
.
29_10_8
Quanto mais integrado melhor!
.
29_10_9
Enquanto os participantes da 1ª Semana do PESC se integravam, olha aí a galerinha da Filarmônica de Itacaré embarcando no ônibus para conhecer o Parque! Saíram de Serra Grande rumo ao PESC!
.
29_10_10
Provocação inicial do dia! Pessoas contando umas para as outras porque vieram até ali construir um pacto pelo PESC!
.
29_10_11
Gente de todas as idades.
.
29_10_12
De todos os lugares.
.
29_10_13
De todos os segmentos.
.
29_10_14
Depois foi um tal de um contar sobre o outro! Rendeu histórias, viu?
.
29_10_15
Aí chegou a hora de construir a linha do tempo do PESC. A história do Parque contada desde o principio, lá no tempo em que ele ainda nem existia, até hoje.
.
29_10_16
A juventude registrando e aprendendo sobre o passado do PESC.
.
29_10_17
Então, chama pra roda da história quem estava aqui desde aquele tempo... Dona Regina, Claudio Lopo, Seu Beca, Beto Mesquita, Roberto Mourão, Marcelo Barreto... e por aí foi.
.
29_10_18
Os guardas-parques também entram na roda pra contribuir com a linha do tempo.
.
29_10_20
Todo mundo atento! Mas como era mesmo o mapa inicial do Parque? E o mapa da APA, como era? E agora, como estão?
.
29_10_21
Enquanto isso, um “glossário” foi sendo construído para que todos entendessem melhor... o que é mesmo “Plano de Manejo”? e IESB? O que é CEPLAC? e SNUC? Uau... quanta coisa esse Parque engloba!
.
29_10_19
Olha como ficou a linha do tempo do PESC! Uma linha repleta de intenções e ações de muita gente e de muitas instituições! Descobrimos como a história do PESC é rica e mega diversificada!
.
29_10_22
Hora do almoço, um momento para conversar e dar uma relaxada...
.
29_10_24
Depois das crianças e jovens da Filarmônica de Itacaré, à tarde, foi a vez dos participantes do evento irem pro PESC. A galera das Jornadas de Aprendizagem Holística proporcionou vivências e reflexões aos visitantes - música, meditação, dança coletiva, caminhada e expressão artística pra todo mundo "sentir", "ouvir" e se "conectar" com o PESC! 
.
29_10_23
Momento de "cantar" as boas vindas do Parque... A paz na terra amor, o sal da terra! Terra és o mais bonito dos planetas!
.
29_10_25
Grupo por grupo, todos foram construindo uma mandala de presentes pro PESC! Ele merece!
.
29_10_30
Depois, os grupos foram acompanhando vivências na trilha do Parque. Mas, antes de entrar na trilha, uma paradinha pra meditar... “Não é você que está observando a floresta; hoje é a floresta que está te observando; sinta-se profundamente observado”.
.
29_10_26
Na trilha... silêncio, respeito, percepções... Tudo o que a floresta pode nos dizer... Tudo o que podemos trocar com ela...
.
29_10_29
Todos os grupos embarcaram nas vivências do grupo das Jornadas de Aprendizagem Holística.
.
29_10_27
Olha só... ainda tem gente contribuindo na mandala.
.
29_10_28
Agora é hora de compartilhar as vivências da trilha.
.
29_10_31
Todo mundo expressou aquilo que a floresta do PESC lhe proporcionou.
.
29_10_32
Muitas coisas pra expressar!
.
29_10_33
Olha aí o Beto Mesquita, no final das vivências no PESC, mostrando pra gente mais um pouco desse mapa do Parque que foi mudando com o tempo. Mas, quanto tempo? Quanto? 15 anos! O nosso PESC fez 15 anos!
.
O primeiro dia foi assim! Cheio de histórias. E nessa história, em 2012, a rede dos Amigos do PESC chega pra ficar!
.
Logo, logo contaremos pra vocês como foi o segundo dia! Aguardem!


 

Traduzir página

Topo