Cronologia

  • A formação do Parque começou em 1993 com o projeto “Mata Atlântica Nordeste”, de autoria do Jardim Botânico de Nova York e do Herbário da Comissão Executiva de Planejamento da Lavoura Cacaueira - CEPLAC, quando realizaram estudos em uma propriedade rural de Serra Grande.

  • Em 1996, a Conservação Internacional do Brasil, a Fundação SOS Mata Atlântica e o Instituto de Estudos Socioambientais do Sul da Bahia - IESB foram as entidades mais ativas na defesa desta Unidade de Conservação, iniciando o diálogo com o Banco Interamericano de Desenvolvimento - BID e o Estado da Bahia, através do Prodetur, resultando na formalização do decreto de criação, em 1997.

  • Em 1998 foi inaugurada a Rodovia BA-001 Ilhéus/Itacaré; ocasião em que foram iniciados os estudos para regularização fundiária e o fechamento de serrarias no Sul da Bahia, que ameaçavam fortemente as centenárias árvores desta região, e de toda a zona cacaueira.

  • O decreto de ampliação é de novembro de 2003.

  • Entre 2004 e 2006, as ações de regularização fundiária foram retomadas.

  • Em 05 de novembro de 2010, foi realizada a reunião que definiu a composição do Conselho Gestor do Parque Estadual da Serra do Conduru para a gestão 2011-2012.

  • Em 2011, o Parque alcança 52% de regularização fundiária, mas em sua globalidade continua vulnerável, sem a necessária infraestrutura de proteção e de uso público.

 

Traduzir página

Em arquivo

Topo