nº.01 - 07/2015

"No Barrocão, há uns dois anos, um grupo de mulheres inconformadas com a perda de grande parte de sua produção, teve a iniciativa de criar uma associação, para aos domingos pela manhã, venderem na Praça Pedro Gomes, na vila de Serra Grande, mel de cacau, hortaliças, poupa de frutas, aipim, banana da prata e da terra, entre outros, produzidos em sua roça.

No último dia 07/07 a casa de dona Lúcia (membro da diretoria da Associação) recebeu convidados para a 3ª Reunião Ordinária da Associação DOCES SEGREDOS DA FLORESTA. Constituídas em dezembro de 2014, a Associação tem como objetivo a produção de doces, geléias e poupas. E, neste momento, para realizar sua missão necessita de apoio financeiro, técnico e administrativo.

No entender das associadas, a prioridade é comprar um terreno para a construção da sede e da cozinha, como também o maquinário. Tanto a infraestrutura da Associação e como as suas associadas querem estar qualificadas para obter a Certificação de Qualidade e Segurança dos Alimentos do Ministério da Agricultura, uma vez que desejam produzir mais do que doces artesanais, querem a sua inserção na indústria alimentícia e no comércio.

Desde sua idealização, até o momento, a Associação já recebeu e recebe apoio do IF Baiano, do SEBRAE, da Associação Taboa, do Instituto Arapyaú e do CSOL."

ERRATA

"... gostaria de solicitar algumas  correções no que diz respeito aos créditos de apoio ao projeto Doces Segredos da Floresta.
 
1. O Instituto IF Baiano foi por nós procurado em diversas situações onde buscávamos o apoio técnico que sabemos eles poderiam nos oferecer devido sua expertise, apesar de termos tido uma boa receptividade de nossas solicitações, infelizmente não obtivemos nenhum retorno favorável aos nossos pedidos nos causando retardamento em nosso processo de construção do projeto arquitetônico da cozinha que também dependia dessas orientações, além de desanimo no grupo.
 
2. Em relação aos crédito de apoio, temos tido muitos apoios ao longo dessa caminhada, e um dos mais importantes, pois foi onde se deu inicio a nossa atual formação quanto Associação,foi subtraído dessa matéria e gostaríamos de inserir nessa linda reportagem, trata-se da Casa de Economia Solidária, fundamental iniciativa para que tudo tivesse sua base fortalecida.
 
3. Ainda quero esclarecer que a feira de Agricultura Familiar de Serra Grande foi uma iniciativa de Tiago e Joselita quanto membros da Casa de Economia no inicio de 2013. A Associação Doces Segredos da Floresta ainda estava em sua fase embrionária, nas anotações de um sonho que teve sua transformação ao ter contato com a comunidade do Barrocão, através de minha chegada na Casa de Economia Solidária em Fev/13 e contatos iniciais com Joselita e Tiago!
 
Acredito que a Feira mereça uma matéria especial, pois hoje é para a comunidade uma das principais formas de escoamento de produção, enfim... é muito importante.
 
Agradeço oportunidade de ter nossa Associação como matéria de inauguração e que nossas observações sejam consideradas. Lúcia me disse que não foi o texto impresso que "Baixinho" leu para ela, e que o que ele leu não haviam os créditos,

Mais uma vez agradeço a compreensão de todos para as observações deste email.
 
abraços cordiais,

Wilsa Mendonça
Serra Grande - BA"

Versão PDF

Expediente:
Informativo mensal do Parque Estadual da Serra do Conduru - Projeto Amigos do PESC: fortalecimento da Gestão. 50 exemplares, afixados nas Comunidades do entorno do Parque. Repórteres: Ednaldo de Souza; Iuri Ribeiro; Rosalvo dos Santos; Thalles Santana. Serra Grande, Uruçuca/BA. Publicação: Makak. Apoio: INEMA; Mecenas da Vida - Patrocínio: Instituto Arapyaú. Contato: pescanoticia@parquedoconduru.org

Traduzir página

Topo