nº.02 - 08/2015

Nesse fim de semana, aconteceu em Taboquinhas - distrito de Itacaré, a festa do padroeiro local, onde ocorreram várias apresentações de bandas na praça central, em três dias de festas, satisfazendo o desejo dos foliões. Em entrevista ao PESC Á NOITÍCIA, um morador tradicional do distrito, nos contou um pouco sobre a história local e sobre seu padroeiro.

“... A história do padroeiro de Taboquinhas traz um destaque ao catolicismo, trazendo identidade à população. Surgiu com a comemoração católica para festejar o santo local. Com isso foi atribuída à festa de caráter popular, atraindo pessoas de cidades vizinhas e trazendo renda para comerciantes.”

PaN: O que levou Bom Jesus da Lapa a se tornar padroeiro local? 
MT: “Por volta de 1949, estava sendo construída em Taboquinha a Igreja Matriz que ainda não tinha um padroeiro. O cidadão Juvenal Santana, importante personagem na história de Taboquinhas e da Igreja, trouxe de Bom Jesus da Lapa uma imagem de Bom Jesus posteriormente chamado de Bom Jesus de Taboquinhas. Com isso a tradição de visitar a Lapa todos os anos se tornou um ato de devoção e também de agradecimento.”

PaN: Qual sua visão sobre o assunto?
MT: “Um povo que busca a sua identidade sabe o respectivo motivo de suas devoções e crenças, ganha espaço na sociedade e trás uma carga cultural riquíssima para o local... “

A festa popular de Bom Jesus de Taboquinhas, ocorreu durante os dias 21, 22 e 23 de agosto, suprindo as expectativas do público visitante para o comércio local.

Versão PDF

Expediente:
Informativo mensal do Parque Estadual da Serra do Conduru - Projeto Amigos do PESC: fortalecimento da Gestão. 50 exemplares, afixados nas Comunidades do entorno do Parque. Repórteres: Ednaldo de Souza; Iuri Ribeiro; Rosalvo dos Santos; Thalles Santana. Serra Grande, Uruçuca/BA. Publicação: Makak. Apoio: INEMA; Mecenas da Vida - Patrocínio: Instituto Arapyaú. Contato: pescanoticia@parquedoconduru.org

Traduzir página

Topo